quarta-feira, agosto 10, 2005

mãos erguidas

trees-kylu pomesky


Talvez na noite inquieta o teu passo sereno,
a tua voz chegada do princípio de tudo,
as tuas mãos erguidas num aceno,
os teus lábios de quem vai beijar o mundo.

Talvez na manhã clara o teu corpo de fogo,
os teus cabelos leque de todas as cores,
os teus dedos correndo as ruas do meu corpo,
o teu odor a mar por onde quer que fores.

Talvez somente a luz do teu olhar,
o sol que deixas sempre em teu lugar.


Torquato da Luz

(Poema trazido aqui pelo Lumife a quem muito agradeço.)

8 palpites:

Blogger lobices piou...

...obrigado pela visita
:)*

10/8/05 9:38 da tarde  
Blogger wind piou...

Bela foto! beijos

10/8/05 9:50 da tarde  
Blogger Caracolinha piou...

É absolutamente assombrosa a forma como fazes analogias às fotos através dos títulos dos posts...

Beijo Maravilhado ~:o)

10/8/05 11:09 da tarde  
Blogger adesenhar piou...

tu e os teus palpites :)
sou fresquinho é!
hummmmmm
bela mistura e fresquinha :)

11/8/05 12:42 da manhã  
Blogger Papo-seco piou...

:)

11/8/05 9:50 da manhã  
Blogger Lumife piou...

Eagle :

Sempre na pesquisa encontrei este poema de Torquato da Luz que te ofereço.

Talvez

Talvez na noite inquieta o teu passo sereno,
a tua voz chegada do princípio de tudo,
as tuas mãos erguidas num aceno,
os teus lábios de quem vai beijar o mundo.

Talvez na manhã clara o teu corpo de fogo,
os teus cabelos leque de todas as cores,
os teus dedos correndo as ruas do meu corpo,
o teu odor a mar por onde quer que fores.

Talvez somente a luz do teu olhar,
o sol que deixas sempre em teu lugar.

Bjs.

11/8/05 6:22 da tarde  
Blogger batista filho piou...

Mui belo, mui belo.
:-)

12/8/05 5:23 da tarde  
Blogger Lumife piou...

Muito sensibilizado pela atenção.

Boa semana.

Bjs.

15/8/05 1:12 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home